Certificados disponíveis

Clique para acessar a área de impressão!

Notícias

Diretrizes lançadas recentemente serão destaques no 78º Congresso Brasileiro de Cardiologia

Com o objetivo de orientar profissionais da saúde com base em evidências científicas atualizadas, documentos foram lançados entre 2022 e 2023

Analisar as investigações mais recentes sobre determinado assunto e reunir as últimas evidências científicas sobre condutas e tratamentos. Essa é uma definição geral e prática para as diretrizes, documentos que têm como objetivo reunir as últimas pesquisas e resultados sobre determinado tema. 



Algumas das últimas diretrizes lançadas, entre 2022 e 2023, serão apresentadas e discutidas no 78º Congresso Brasileiro de Cardiologia, que acontece entre os dias 28 e 30 de setembro no Centro de Eventos FIERGS. Será o momento de compreender todas as orientações e resultados na prática. Abaixo, algumas das principais diretrizes que serão abordadas.



 



Diretriz: Cardiopatia da Doença de Chagas 2023



A diretriz atualizada sobre Doença de Chagas atualiza o documento anterior, lançado há mais de dez anos. Considerada a mais letal entre as chamadas doenças cardiovasculares negligenciadas, a Doença de Chagas atinge 1,2 milhão de brasileiros e mais de 7 milhões de pessoas ao redor do mundo. 



Com este documento, que concentra uma compilação de estudos clínicos e recomendações de políticas em saúde pública, a OMS propõe erradicar a doença até 2050. 



As discussões sobre a Diretriz: Cardiopatia da Doença de Chagas 2023 acontecem na Arena 1: no painel Diretrizes e Posicionamentos na Prática Clínica, no dia 28, a partir das 15h50; e no painel Sala de Diretrizes, no dia 30, a partir das 14h.





Posicionamentos sobre doença cardiovascular na mulher



As Doenças Cardiovasculares são a maior causa de morte no Brasil entre homens e mulheres. No caso específico das mulheres, as doenças cardiovasculares matam mais do que todos os tipos de câncer somados.



O Posicionamento, que será apresentado no Congresso, foi intitulado de “Carta às Mulheres” e propõe a redução da mortalidade feminina relacionada às Doenças Cardiovasculares em 30% até 2030.



O documento busca promover iniciativas para aumentar o conhecimento sobre a importância da saúde cardiovascular ao longo da vida da mulher. 



No 78º Congresso Brasileiro de Cardiologia, a discussão sobre o Posicionamento ocorre na Sala de Diretrizes, Arena 1, no dia 30, a partir das 10h40.





Diretriz Brasileira de Dispositivos Cardíacos Implantáveis 2023



Resultado da colaboração entre três instituições, a Diretriz Brasileira de Dispositivos Cardíacos Eletrônicos Implantáveis aborda o campo dos mecanismos da dose, conceito, fisiopatologia, métodos e critérios de diagnóstico de uma gama enorme de doenças e de arritmias que podem estar associadas. 



O documento foi realizado pela Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC) em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV). 



Os resultados e condutas serão abordados no Congresso no debate Diretrizes e Posicionamentos na Prática Clínica, Arena 1, no dia 28, a partir das 17h30.





Diretriz: Medida da pressão arterial



A Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial é resultado de um trabalho realizado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), através do seu Departamento de Hipertensão Arterial (DHA), em conjunto com as Sociedades Brasileiras de Hipertensão e Nefrologia.



O documento robusto, rico em atualizações e capaz de promover avanços no contexto do diagnóstico, avaliação clínica, estratificação, tratamento e controle da doença hipertensiva nos seus diversos cenários também será discutido no evento.



As recomendações fazem parte da programação do Congresso na atividade Diretrizes e Posicionamentos na Prática Clínica, Arena 1, no dia 29, a partir das 15h20.





Outras Diretrizes integram a programação



Outras dezenas de Diretrizes serão abordadas no Congresso, que traz ainda, como parte da programação, sessões conjuntas com sociedades internacionais. Confira agora algumas já confirmadas:





  • Manejo da hipertensão baseado em evidências: revisão das principais diretrizes internacionais




  • Análise crítica das Diretrizes de hipertensão arterial




  • Novas Diretrizes para Dor Torácica Aguda




  • Atualização das Novas Diretrizes Clínicas de Revascularização 




  • O problema da insuficiência cardíaca: quando a terapia médica orientada por diretrizes não é suficiente

     





Saiba mais sobre a programação completa do Congresso.



 



listar todas as notícias