Certificados disponíveis

Clique para acessar a área de impressão!

Notícias

Integração entre estudantes e testes de conhecimento marcam o Desafio dos Residentes

A atividade acontece durante os três dias do 78º Congresso Brasileiro de Cardiologia e reunirá residentes de todas as regiões do país

Integrar, ensinar, interagir e revisar. Essas são algumas palavras que definem o Desafio dos Residentes, atividade voltada para estudantes e garantida no 78º Congresso Brasileiro de Cardiologia.



Com o objetivo de promover conhecimento e interação entre residentes de diferentes programas do Brasil, o Desafio dos Residentes promove uma disputa saudável que une diversão ao aprendizado.



Por meio de perguntas e respostas com embasamento na literatura médica sobre diferentes áreas, além de casos e curiosidades da cardiologia, dez equipes disputam entre si. Elas foram selecionadas no mês de agosto por sorteio, realizado ao vivo pela equipe de coordenação da atividade.



As equipes são formadas por três residentes e um suplente de diferentes instituições de ensino ao redor do país.



O Desafio dos Residentes acontece no Auditório 15 durante os três dias do Congresso. Nos dois primeiros dias, 28 e 29 de setembro, acontecem as duas etapas de semifinal, às 17h30 e 17h, respectivamente. As equipes vencedoras de cada um dos dias disputam a final, no dia 30 às 14h.



“Os vencedores são premiados com inscrições, passagens e estadia no Congresso do ano seguinte, além de troféus e livros. As questões são feitas pela equipe de coordenadores do evento”, diz Maria Eulália Thebit Pfeiffer, coordenadora do Desafio dos Residentes.



Para este ano, cinco tópicos da cardiologia serão abordados nas questões: arritmia, doença coronariana, doença orovalvar, miocardiopatia e congênita e miscelânea.



A atividade já foi apresentada diversas vezes no Congresso de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro e duas vezes no Congresso Brasileiro de Cardiologia. Este ano, será a terceira.



“O objetivo não é ver quem é o melhor, mas sim, promover uma atividade de integração entre todas as residências médicas no Brasil, entendendo que o residente é o futuro da Sociedade Brasileira de Cardiologia”, diz Pedro Paulo Nogueres Sampaio, coordenador do Desafio dos Residentes.



A atividade foi apresentada pela primeira vez em 2010 no Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (SOCERJ). "Ela surgiu como uma forma de integração no processo acadêmico e de relacionamento entre as diversas instituições formadoras de residentes. E segue com o mesmo objetivo, após 13 anos de atividades", afirma Maria Eulália Thebit Pfeiffer.



Maria Eulália também participa da mesa redonda Febre reumática: uma doença indevidamente esquecida realizada no dia 29 de setembro às 9h no Auditório 10.



Pedro Paulo, por sua vez, também coordena a apresentação de casos clínicos sobre a Miocardiopatia Hipertrófica, no dia 30 de setembro às 10h40 no Auditório 10.



Saiba mais sobre o 78º Congresso Brasileiro de Cardiologia e confira a programação completa.



listar todas as notícias